Você sabe quais são as cores de 2015?

Algumas empresas lançam, todos os anos, o calendário de cores que serão tendências. Essas cores são definidas a partir de estudos de especialistas que avaliam diferentes temáticas, como hábitos e costumes, referências culturais, elementos de natureza, entre outros. A partir disso, a paleta é divulgada e passa a servir como referência na decoração, na moda, no varejo e em outros segmentos, interferindo diretamente no nosso bem-estar.

Reunimos as principais marcas e tendências para o ano de 2015, confira:

Coral: Sombra de Cedro

Imagem divulgação.

Imagem reprodução.

“Calorosa, representa a paleta natural da terra, desde tons de barro até matizes mais brilhantes do amarelo”, Coral.

“Calorosa, representa a paleta natural da terra, desde tons de barro até matizes mais brilhantes do amarelo”, Coral.

Comitê Brasileiro de Cores + Eucatex: Fúcsia

Imagem reprodução.

Imagem reprodução.

O Comitê Brasileiro de Cores, que lança a cartela Cecal, todos os anos em parceria com a Eucatex, escolheu o Fúcsia como tendência brasileira.

O Comitê Brasileiro de Cores, que lança a cartela Cecal, todos os anos em parceria com a Eucatex, escolheu o Fúcsia como tendência brasileira.

Lukscolor: Azul Vésper

Imagem reprodução.

Imagem reprodução.

A Lukscolor definiu para 2015 uma cor moderna, enérgica e, ao mesmo tempo, versátil. A ideia é que seja usada em vários ambientes da casa e que transmita bastante jovialidade.

A Lukscolor definiu para 2015 uma cor moderna, enérgica e, ao mesmo tempo, versátil. A ideia é que seja usada em vários ambientes da casa e que transmita bastante jovialidade.

Suvinil: Índigo Blue

Imagem reprodução.

Imagem reprodução.

A Suvinil, que também faz pesquisas focadas no país, foi na direção contrária ao Comitê Brasileiro de Cores, elegeu o Índigo Blue como a cor de 2015.

A Suvinil, que também faz pesquisas focadas no país, foi na direção contrária ao Comitê Brasileiro de Cores, elegeu o Índigo Blue como a cor de 2015.

Pantone: Marsala

Imagem reprodução.

Imagem reprodução.

A Pantone optou por um tom mais sóbrio, a cor Marsala, um marrom-avermelhado.

A Pantone optou por um tom mais sóbrio, a cor Marsala, um marrom-avermelhado.

Fevereiro têm liquida de móveis

O início do ano costuma ser marcado por liquidações incríveis e que tal aproveitá-las da melhor forma? Para te ajudar a garimpar as melhores ofertas, fizemos uma lista com as lojas mais conceituadas do Brasil. Comece 2015 com o pé direito e, claro, com uma decoração novinha em casa.

1- No Shopping Lar Center acontece, até o dia 15 de fevereiro (domingo), a campanha “Já pro Lar Center”, com até 70% de desconto. O mais legal é que os clientes ainda podem ganhar uma consultoria com o arquiteto Marcelo Rosenbaum e sua equipe. Ótimo pra quem deseja renovar o lar. Av. Otto Baumgart, 500, Vila Guilherme, São Paulo. Fone: (11) 2224-5959.

Liquidação Lar Center 2015.

Liquidação Lar Center 2015.

2- Já o “Bota Fora” do D&D reúne todas as marcas que amamos: A Especialista, Artefacto, By Kamy, La Lampe, Dell Anno, DPOT e entre diversas outras. Lá, os descontos são definidos pelas próprias lojas participantes. Até o dia 22/02/2015 (domingo). Corre que só tem móveis lindos. Av. das Nações Unidas, 12.555, São Paulo. Fone: (11) 3043-9000.

Liquidação D&D 2015.

Liquidação D&D 2015.

3- A tradicional Alameda Gabriel Monteiro da Silva, onde estão as maiores lojas de São Paulo do segmento móveis e decoração de interiores, não poderia ficar de fora. Por isso, selecionamos as lojas mais trabalhadas/frequentadas pela equipe PL Arquitetura. Confira:

3.1- Brentwood: “SALE BRENTWOOD”, até 28/02  (sábado), com duas liquidações.

: Seleção de produtos para pronta entrega, descontos que variam de 50% (parcelado em 6x) a 60% (pagamento antecipado).

: Todos os produtos da linha Brentwood Sob Encomenda poderão ser adquiridos em condições muito mais vantajosas do que o resto do ano. Você pode escolher a medida do seu móvel no acabamento que desejar com descontos excepcionais.

Liquidação Brentwood 2015.

Liquidação Brentwood 2015.

3.2- Breton Actual: prorroga a liquidação até 01/03/15 (domingo). É a última oportunidade para adquirir produtos com descontos que variam entre 30% e 50%. São peças limitadas de estoque, além de uma grande variedade que pode ser adquirida sob encomenda.

Liquidação Breton Actual 2015.

Liquidação Breton Actual 2015.

3.3- Q&E: peças do showroom com até 50% de desconto. Liquidação até o dia 19/02 (quinta-feira).

Liquidação Q&E 2015.

Liquidação Q&E 2015.

3.4- Orlean: algumas coleções a partir de R$ 370,00. Promoção até 13/02 (sexta-feira)

Promoção Orlean 2015.

Promoção Orlean 2015.

3.5- Avanti: peças em pronta entrega com até 50% de desconto. Promoção até 28/02 (sábado).

Promoção Avanti 2015.

Promoção Avanti 2015.

3.6- Madeira Bonita: peças de estoque com até 70% de desconto, até 27/02 (sexta-feira).

Promoção Maria Bonita 2015.

Promoção Madeira Bonita 2015.

3.7- Holly Hunt: peças do showroom de 30% até 60% de desconto, até 28/02 (sábado).

Liquidação Holly Hunt 2015.

Liquidação Holly Hunt 2015.

Apartamentos Studio: tendência para os próximos anos

Uma tendência surge no mercado, são os apartamentos Studio de 28 a 42m². Além das grandes metrópoles, os apartamentos Studio também chegam com tudo nas cidades do interior, possuindo serviço comuns aos moradores. Entre os principais diferenciais estão as sala de reuniões, o escritório, o espaço gourmet, o salão de festas, a academia, a área de lazer e o espaço beauty.

Seja pela praticidade, pela modernidade ou pelo investimento, o Studio é um conceito que chegou para ficar e, cada vez mais, ganha mais adeptos, principalmente quando pensamos em determinadas regionais privilegiadas da cidade (bairros com fácil acesso ao centro, ao metrô ou ao comércio em geral).

Separamos algumas dicas para a decoração dos Studios, aproveitem!

Fonte: arrobacasa

Fonte: arrobacasa

Fonte: studiopelotas

Fonte: studiopelotas

Fonte: Projeto Arquivo Pessoal PL Arquitetura

Fonte: Projeto Arquivo Pessoal PL Arquitetura

Fonte: Projeto Arquivo Pessoal PL Arquitetura.

Fonte: Projeto Arquivo Pessoal PL Arquitetura.

Fonte: Projeto Arquivo Pessoal PL Arquitetura

Fonte: Projeto Arquivo Pessoal PL Arquitetura

Fonte: culturamix

Fonte: culturamix

Fonte: gafisa-igloo

Fonte: gafisa-igloo

Fonte: imoveisnatv

Fonte: imoveisnatv

Fonte: uol, projeto Vitacon

Fonte: uol, projeto Vitacon

Fonte: realton

Fonte: realton

Fonte: jardinsdojacaranda,projeto by Leela Studio

Fonte: jardinsdojacaranda, projeto by Leela Studio

Fonte: bigofertaimoveis

Fonte: bigofertaimoveis

Fonte: corretoresdeplantao

Fonte: corretoresdeplantao

Fonte: pascalcampobelo

Fonte: pascalcampobelo

Fonte: realton

Fonte: realton

Fonte: gafisa - Vision Campo Belo

Fonte: gafisa – Vision Campo Belo

High Line: um bom exemplo para aproveitar bem os espaços urbanos

O High Line nada mais é que uma área pública de convivência, localizado em Nova York – EUA, um parque suspenso. Antigamente o High Line era uma linha de trem. Sua estrutura, construída em meados de 1930, tinha como objetivo aliviar o trânsito e remover trens das ruas mais movimentadas do distrito de Manhattan.

Fonte blog de-arhitectura

Fonte blog de-arhitectura

Em 1980, o último trem passou pelo High Line. Com o tempo, a linha ficou sem utilização e começou a enferrujar e criar mato. A Prefeitura, então, decidiu desfazer a estrutura, mas os moradores da região se mobilizaram para conservar o local e, a partir disso, criaram um projeto para reutilizar o espaço.

O planejamento para a estrutura de preservação e reutilização do High Line iniciou em 2003. Em 2009, a primeira seção do parque – que começa na rua Gansevoort e termina na West 20th – foi inaugurada e, em Junho de 2011, foi aberta a segunda seção.

No dia 21 de setembro de 2014, o High Line Park comemorou 15 anos de grande sucesso em Nova York. O parque é muito agradável e acolhedor, uma ótima atração para quem pretende conhecer os principais pontos turísticos da cidade.

High Line antes das obras:

Fotografia by Jonathan Flaum em johnatahnflaum.com

Fotografia by Jonathan Flaum em johnatahnflaum.com

Fotografia by Jonathan Flaum em johnatahnflaum.com

Fotografia by Jonathan Flaum em johnatahnflaum.com

Fotografia by Jonathan Flaum em johnatahnflaum.com

Fotografia by Jonathan Flaum em johnatahnflaum.com

High Line depois das obras:

 

Fonte Museum Of The City.

Fonte Museum Of The City.

Fonte Andrew Frasz.

Fonte Andrew Frasz.

Fonte Standard Hotel.

Fonte Standard Hotel.

Fonte TheHighLine.org

Fonte TheHighLine.org

Parklets: O que é, e como montar um Parklet?

Os primeiros “Parklets” foram criados na cidade de São Francisco, Califórnia/Estados Unidos e, desde então, grandes metrópoles aderiram à ideia. O intuito é reutilizar o espaço destinado para o estacionamento dos automóveis e transformá-los em espaços de convivência entre as pessoas.

No Brasil, a cidade de São Paulo foi gratificada com dois espaços no ano passado (2013): na rua Amauri, no Itaim Bibi; e na rua Maria Antônia, no Higienópolis. Outro bairro contemplado foi o Jardins, inclusive, fez tanto sucesso lá, que os moradores realizaram um abaixo-assinado pedindo que o espaço de convivência se tornasse definitivo.

Montando um Parklet.

Qualquer um pode montar o “Parklet”, basta obter o manual gratuito disponibilizado pela prefeitura de São Paulo (Manual Operacional para Instalações de Parklets).

A criação dos espaços de lazer, arte ou esporte, podem ser iniciativa de pessoa física ou jurídica, ambos devem fazer a solicitação via Subprefeitura.

Qualquer calçada em áreas comerciais e residências podem receber as minipraças, desde que respeite os termos do decreto nº 55.045, que regulamenta o uso do espaço.

Os custos da instalação, manutenção e remoção do “Parklet” são responsabilidade do criador.

O local também deve atender às regras de acessibilidade, da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e Comissão de Proteção à Paisagem Urbana (CPPU).

O manual completo está disponível no site: http://gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br/parklets

Vista e planta baixa para Parklet. Fonte: pavementtoparks

Vista e planta baixa para Parklet. Fonte: pavementtoparks

Parklet localizado em Montpellier, França. Fonte: publicbroadcasting

Parklet localizado em Montpellier, França. Fonte: publicbroadcasting

Parklet na rua Padre João Manuel, São Paulo - SP, Brasil (2013). Fonte: mobilidadesustentavel

Parklet na rua Padre João Manuel, São Paulo – SP, Brasil (2013). Fonte: mobilidadesustentavel

Parklet na rua Amauri, Itaim Bibi, São Paulo - SP, Brasil (2014). Fonte: huma

Parklet na rua Amauri, Itaim Bibi, São Paulo – SP, Brasil (2014). Fonte: huma

Parklet na rua Amauri, Itaim Bibi, São Paulo - SP, Brasil (2014). Fonte: clicrbs

Parklet na rua Amauri, Itaim Bibi, São Paulo – SP, Brasil (2014). Fonte: clicrbs

Parklet na rua Padre João Manuel, Jardins, São Paulo - SP, Brasil (2013). Fonte: prefeitura.sp.gov

Parklet na rua Padre João Manuel, Jardins, São Paulo – SP, Brasil (2013). Fonte: prefeitura.sp.gov

Parklet na rua Padre João Manuel, Jardins, São Paulo - SP, Brasil (2013). Fonte: capital.sp

Parklet na rua Padre João Manuel, Jardins, São Paulo – SP, Brasil (2013). Fonte: capital.sp

PL Arquitetura participa de mostra

No dia 4 de Novembro de 2014, acontecerá a inauguração da mostra permanente Núcleo A+D (arquitetura e decoração), onde o nosso escritório desenvolveu o ambiente Suíte Master. Abaixo uma prévia do nosso espaço.

Partido Arquitetônico

O projeto foi realizado tendo como principal referência a singular relação de um casal. O equilíbrio entre o físico e o emocional, mesclado ao racional e irracional de ambos, inspirou a arquiteta Patricia Lima a criar uma proposta em que a arte contemporânea e os objetivos clássicos se encontram elegantemente. Utilizando, ainda, referências da cidade francesa Blois, o singelo ambiente exalta a simplicidade e a força de um momento ilustre entre os amantes.

Nos próximos dias estaremos postando em nossas mídias, imagens, croquis, making off do nosso ambiente e do espaço Núcleo A+D.

Profissionais que estão participando:

Ana Maria Vargas, Audrew Barranco, Bruna De Mari, Carla Vaz, Cristina Cirillo, Elaine Soler, Franklin Costa, Gabriel, José Itamar, Kim, Lenira Bazzana, Marília Serra, Patricia Lima, Ronaldo Semisato, Rosangela, San Lombardi, Solange Fernandes, Tereza, Thalita Nascimento, Vanessa de Mani, Vanessa Magalhães.

Fornecedores parceiros da PL Arquitetura:

  • A luz com ideias (Iluminação)
  • Art Fire (Lareira)
  • Casa 4 (Cortina Romana luxaflex, Papel de parede, Carpete)
  • Cia das Cortinas (Xales)
  • Datho (Penteadeira, Cabeceira, Criados, Nicho, Pórtico)
  • Espaço Noveleiro (Poltronas e mesa de apoio)
  • Evy Lyne (Closet e portas)
  • La Mármore (Mármore)
  • Palácio dos Cristais (Vidros, Espelhos, Boxe)
  • Push Metais (Louças, Metais, Banheira)

Convite

Nos próximos dias informaremos horários de atendimento ao público. A inauguração será somente aberta para convidados.

Casa Cor Rio de Janeiro 2014

1391585_871747389503520_482088544477488283_n

Em véspera de inauguração, a Casa Cor Rio 2014 tem inicio amanhã, 29 de outubro, e término dia 07 de Dezembro, a mostra será realizada no CasaShopping, o maior shopping de decoração da América Latina, localizado na Avenida Ayrton Senna, 2150, Barra da Tijuca, RJ.

O horário de funcionamento será de terça a sábado e feriados, das 12h às 22h, e aos domingos das 12h às 20h.

Ingressos:

Terça e Quarta – Inteira: R$ 40,00 | Meia: R$ 20,00

Quinta a Domingo e Feriados – Inteira: R$ 50,00 | Meia: R$ 25,00

Passaporte: R$ 80,00

Mais informações em: http://www.casacor.com.br/

Ambientes Casa Cor Rio 2014:

Cozinha Gourmet. Projeto by Alexandre Lobo e Fábio Cardoso. Maravilhosa! A Casa Cor Rio 2014 está linda! Foto by André Nazareh.

Cozinha Gourmet. Projeto by Alexandre Lobo e Fábio Cardoso. Maravilhosa!

Banheiro do Estúdio A, de Roberta Moura, Paula Faria e Luciana Mambrini. Bonito, delicado e aconchegante.

Banheiro do Estúdio A, de Roberta Moura, Paula Faria e Luciana Mambrini. Bonito, delicado e aconchegante.

Foto by André Nazareh do espaço Mirante do Encontro, de Claudio Pedalino e Suzi Barreto.

Espaço Mirante do Encontro, projeto by Claudio Pedalino e Suzi Barreto.

Espaço Grou, projeto by Duda Porto.

Espaço Grou, projeto by Duda Porto.

Imagens: https://pt-br.facebook.com/CasaCorRio

Foto: André Nazareh

Exposição de Salvador Dalí em São Paulo

O instituto Tomie Ohtake, localizado na Av. Faria Lima, 201, entrada pela Rua Coropés, Pinheiros, São Paulo, recebe a mostra do artista espanhol Salvador Dalí, conhecido por retratar sonhos e fantasias e também por manter um bigode extremamente fino e com as pontas levantadas para o alto. São 218 obras do pintor a mostra, que teve início dia 19/10/2014. A exposição é gratuita de terça-feira a domingo, das 11h às 20h, e está programada para até o dia 11 de Janeiro de 2015.

Serão distribuídas diariamente senhas para visita à exposição Salvador Dalí. As senhas, que terão validade apenas para o dia em que forem retiradas, serão divididas em três horários de visitação: 11h, 14h e 17h.

A distribuição será feita na entrada do Instituto Tomie Ohtake, das 10h às 18h, ou até acabarem as senhas.

Salvador_Dali_illustra_El_Quixot

Salvador Dalí. Associated Press, Paris. Salvador Dalí ilustra El Quijote, 1956. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Autorretrato cubista, 1923. Museu Reina Sofia, Madrid.

Salvador Dalí. Autorretrato cubista, 1923. Museo Reina Sofía, Madrid. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Salvador Dalí. Composição surrealista com figuras invisíveis, c. 1936. Fundació Gala-Salvador, Figueres. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Salvador Dalí. Composição surrealista com figuras invisíveis, c. 1936. Fundació Gala-Salvador, Figueres. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Salvador Dalí. Figuras deitadas na areia, 1926. Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Salvador Dalí. Figuras deitadas na areia, 1926. Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Salvador Dalí. Máxima velocidade da Madona de Rafael, 1954. Museo Reina Sofía, Madrid. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Salvador Dalí. Máxima velocidade da Madona de Rafael, 1954. Museo Reina Sofía, Madrid. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Salvador Dalí. Memória da mulher-criança, 1929. Museu Reina Sofía, Madrid. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Salvador Dalí. Memória da mulher-criança, 1929. Museu Reina Sofía, Madrid. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Salvador Dalí. Natureza Morta, 1923. Museo Reina Sofia, Madrid.

Salvador Dalí. Natureza Morta, 1923. Museo Reina Sofia, Madrid.

Salvador Dalí. O espectro do sex-appeal, c. 1934. Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, AUTVIS, Brasil.

Salvador Dalí. O espectro do sex-appeal, c. 1934. Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, AUTVIS, Brasil.

Salvador Dalí. O pé de Gala, c. 1975-76 (obra estereoscòpica), Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Salvador Dalí. O pé de Gala, c. 1975-76 (obra estereoscòpica), Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Salvador Dalí. Retrato de minha irmã, 1925. Museo Reina Sofía, Madrid. Fundacío Gala-Salvador Dalí, Figueres. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Salvador Dalí. Retrato de minha irmã, 1925. Museo Reina Sofía, Madrid. Fundacío Gala-Salvador Dalí, Figueres. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Salvador Dalí. O sentimento de velocidade, 1931. Fundación Gala-Salvador, Figueres. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Salvador Dalí. O sentimento de velocidade, 1931. Fundación Gala-Salvador, Figueres. © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, Figueres.

Imagens

Mais informações em: http://www.institutotomieohtake.org.br/inicio/index.html

Móveis na sala de tevê

É na sala de tevê que reunimos a família, recebemos visitas e aproveitamos nossos momentos de lazer. Por isso, ter um ambiente aconchegante e bem decorado é fundamental. A televisão é o ponto central da decoração, portanto, vale investir nos móveis ao seu redor. Dica: faça peças sob medida, assim, poderá aproveitar muito bem todos os cantos.

Confira a seleção de móveis feitos sob medidas que preparamos para você!

O móvel para tevê tem pontos de iluminação que fazem toda a diferença. Sinônimo de luxo, requinte e aconchego. Fonte: Arquivo Pessoal.

O móvel para tevê tem pontos de iluminação que fazem toda a diferença. Sinônimo de luxo, requinte e aconchego. Fonte: Arquivo Pessoal.

O painel de vidro acomoda o televisor de forma elegante, tornando o ambiente clean e diferenciado. A iluminação, feita com lâmpadas dicroicas, promove ao local um clima maior de conforto. Fonte: Arquivo Pessoal.

O painel de vidro acomoda o televisor de forma elegante, tornando o ambiente clean e diferenciado. A iluminação, feita com lâmpadas dicroicas, promove ao local um clima maior de conforto. Fonte: Arquivo Pessoal.

Com um design diferenciado, o móvel em volta da tevê proporciona para a decoração um estilo mais clean e aconchegante. Fonte: Arquivo Pessoal.

Com um design diferenciado, o móvel em volta da tevê proporciona para a decoração um estilo mais clean e moderno. Fonte: Arquivo Pessoal.

A composição na sala de tevê está impecável, veja como a laca azul se destaca e quebra um pouco o tom branco do móvel. Fonte: Arquivo Pessoal.

A composição na sala de tevê está impecável, veja como a laca azul se destaca e quebra um pouco o tom branco do móvel. Fonte: Arquivo Pessoal.

A imagem é transmitida através de um painel de vidro com película acoplado em um móvel. Fonte: Arquivo Pessoal.

A imagem da tevê é transmitida através de um painel de vidro com película, acoplado em um móvel. Fonte: Arquivo Pessoal.

Nesse ambiente, a tevê está acoplada a um painel de laca branco, sobre a parede revestida em MDF (Louro Freijó). Fonte: Arquivo Pessoal.

Nesse ambiente, a tevê está acoplada a um painel de laca branco, sobre a parede revestida em MDF (Louro Freijó). Fonte: Arquivo Pessoal.

O painel mais escuro deixa o ambiente mais intimista e aconchegante. Fonte: assimeugosto.

O painel mais escuro deixa o ambiente mais intimista e aconchegante. Fonte: assimeugosto.